Veja como identificar se seu carro precisa de uma troca de óleo

Realizar a troca de óleo do carro pode parecer uma das coisas mais simples e corriqueiras do trabalho de manutenção do automóvel, mas sua importância para o bom funcionamento do veículo é inegável. Se o motorista se descuida de verificar as condições do óleo do motor e efetuar sua troca, as consequências podem ser bem sérias: os problemas resultantes desse descuido podem ir desde o aumento no consumo de combustível até a fundição do motor.

Para evitar que tais problemas ocorram, é importante estar atento não apenas na quilometragem rodada com o óleo, mas também no seu prazo de validade e nas condições de uso do veículo, o que pode indicar a necessidade de uma troca de óleo mais precoce. Nos próximos parágrafos falaremos mais da função do óleo para o motor e também os sinais para identificar se seu carro precisa de uma troca de óleo.

A importância do óleo para o funcionamento do carro

O óleo lubrificante desempenha algumas funções essenciais para o bom funcionamento do veículo, por isso ele deve ser um constante ponto de atenção. A primeira dessas funções é o que o próprio nome indica: lubrificar o motor. Isto é importante para diminuir o atrito das partes do motor durante o funcionamento do veículo e evitar o seu desgaste.

Outra função essencial executada pelo óleo lubrificante é o trabalho de limpeza do motor, pois a combustão gerada pelo motor libera resíduos que acabam se misturando ao óleo. Essas impurezas, que podem até causar a corrosão de componentes do motor, são depois removidas pelo filtro de óleo, mantendo o lubrificante numa viscosidade ideal para continuar desempenhando seu papel no funcionamento do carro.

Além disso, o óleo também ajuda a manter a temperatura do motor e funciona como agente de vedação, principalmente na área dos anéis do pistão, onde ele ajuda a reduzir o desgaste dos anéis ao evitar a formação de depósitos nas suas ranhuras.

troca de óleo

Identificando a necessidade da troca de óleo

A primeira coisa a se atentar sobre a troca de óleo são as recomendações indicadas pelo fabricante no manual do proprietário, pois cada modelo de carro possui suas especificidades. Com isto esclarecido, existem alguns indicadores que podem ser usados para saber se a troca de óleo se faz necessária.

O primeiro deles é a quilometragem rodada com o carro. Geralmente, em condições ideais de uso, a troca deve ser realizada entre 10 mil e 15 mil quilômetros rodados, mas esse valor pode ser diminuído caso o veículo esteja sujeito a condições de uso mais severas. Terrenos irregulares, engarrafamentos frequentes e uso contínuo do automóvel são exemplos de situações de uso que podem demandar a troca de óleo de forma antecipada. Nestes casos, a quilometragem até a troca pode ser reduzida para algo entre 5 mil e 7 mil quilômetros.

Também é sempre importante verificar as condições do óleo, pois caso esteja com uma viscosidade fora do ideal ou sujo, ele pode acabar prejudicando o motor ao invés de contribuir para seu funcionamento. Por este motivo, o recomendado é que se faça a checagem do óleo a cada abastecimento. Para isso, o carro deve estar desligado há, pelo menos, 5 minutos e em terreno plano, para garantir que não ocorram erros na análise do lubrificante.

Seguindo as dicas acima, você poderá identificar com segurança o momento correto de fazer a troca de óleo no seu carro e poderá fazê-lo de forma a garantir o bom funcionamento do veículo e prevenir problemas mecânicos no futuro.

Achou este conteúdo útil? Então compartilhe com família e amigos para que também dirijam com segurança e economia!

1 thought on “Veja como identificar se seu carro precisa de uma troca de óleo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *