Aprenda a verificar e completar o óleo do seu carro

Como já falamos aqui no blog anteriormente, a troca de óleo é uma das tarefas mais fundamentais para a manutenção do carro. Rodar com um lubrificante em bom estado é essencial para o bom funcionamento do motor e ajuda a prevenir diversos problemas mecânicos que podem ser bem custosos para o bolso do motorista.

Após mostrar como identificar se seu carro precisa de uma troca de óleo, neste post vamos abordar como verificar as condições do lubrificante e completar seu nível. A maioria das oficinas mecânicas possuem um profissional encarregado para efetuar a troca, contudo, caso queira fazê-la você mesmo, fique atento às dicas a seguir.

Verificação do óleo

Antes de começar a realizar a troca, é recomendável verificar as condições do óleo que já está no seu carro. Se o lubrificante estiver em boas condições, mas abaixo do nível ideal, você poderá apenas completar o nível sem necessariamente fazer a troca de todo o óleo. É importante lembrar-se, entretanto, que o momento para a troca total do lubrificante continua o mesmo, uma vez que o óleo antigo continua no veículo.

troca de óleo

Para verificar o óleo do seu carro, estacione em local plano e espere até que o motor esteja frio. Esta é uma recomendação necessária, pois, com o veículo em funcionamento, o óleo sobe para o sistema do motor é preciso esperar até que ele desça novamente ao reservatório para uma medição mais apurada. Após isso, puxe a vareta de medição do óleo, que geralmente fica do lado esquerdo do motor, a coloque sobre uma toalha de papel (a cor branca do papel ajuda a criar um contraste que facilita para verificar a coloração do lubrificante) e cheque o nível do óleo, que é indicado por duas marcas na ponta da vareta. A marca que fica mais próxima da ponta é o indicador do nível mínimo de óleo e o recomendável é que o lubrificante esteja na metade da distância entre as marcas da vareta de medição.

Se o óleo estiver molhando apenas a ponta da vareta, ou seja, abaixo do nível mínimo, mas ainda estiver dentro do período de uso recomendado pelo fabricante do veículo, você precisará completar o nível. Já se o indicador estiver mostrando que o óleo está acima do nível máximo, você terá que drenar parte do lubrificante.

Completar o nível do lubrificante

Ainda com o carro nas condições exigidas para a checagem das condições do óleo, isto é, com o motor frio e em local plano, você pode completar o lubrificante até o nível indicado. O mais importante neste momento é certificar-se de utilizar um óleo com as mesmas especificações do que já está em uso no seu carro. É importante se atentar à este fato porque os lubrificantes possuem diferentes níveis de viscosidade e fluidez e utilizar um óleo diferente pode prejudicar o desempenho do motor.

troca de óleo

Para completar o lubrificante no seu carro, remova a tampa do reservatório, que é indicada pelo símbolo de uma lâmpada, e coloque o óleo em poucas quantidades. Espere um pouco até que ele escorra e verifique o nível novamente. Repita o processo até que o lubrificante esteja dentro do nível ideal.

Seguindo os passos acima, você terá sempre um carro em condições ideais de condução, garantindo que o motor funcione da forma adequada e evitando inúmeros problemas mecânicos.

Achou este conteúdo útil? Então confira também nosso novo guia gratuito “Como escolher o pneu ideal para seu carro”.

4 thoughts on “Aprenda a verificar e completar o óleo do seu carro”

  1. Muito boa a explicação. Outro risco importante é colocar um lubrificante incorreto. Claro que isso vai da qualidade do serviço automotivo. Tive duvidas sobre o volume e lubrificante correto e encontrei a resposta no site abaixo que pode ajudar outros clientes. E dessa maneira fui fazer a troca mais preparado para falar com o mecânico. https://www.webgarage.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *