5 erros cometidos pelos motoristas na manutenção do carro

A tecnologia usada no desenvolvimento dos automóveis fez com que os veículos atuais se tornassem cada vez mais confiáveis e menos dependentes de visitas frequentes ao mecânico. Contudo, realizar a manutenção programada do veículo ainda é importante para checar os problemas que surgem com o uso do carro e passam despercebidos pelo motorista.

Para te ajudar a identificar os erros de manutenção mais comuns cometidos pelos motoristas e assim evitar visitas inesperadas à oficina ou grandes gastos no conserto dos problemas decorrentes destes erros, confira a seguir uma lista com 5 erros comuns cometidos por motoristas na manutenção do carro.

manutenção do carro e troca de óleo

  1. Desprezar o manual do proprietário

Essa dica parece óbvia, mas ainda existem muitos motoristas que não dão a devida atenção ao manual do veículo, o que pode ter consequências sérias no longo prazo, pois o manual contém os detalhes sobre as necessidades do veículo com relação à manutenção. Ignorar este material pode acarretar em problemas de uso e manutenção inadequada, prejudicando o desempenho do carro. Portanto, vale a pena investir um pouco de tempo na leitura do manual para evitar dores de cabeça futuras que seriam facilmente evitadas.

  1. Atravessar lombadas na diagonal

Esta é outra prática comum dos motoristas, que acreditam estar aliviando a suspensão do carro, o que é um mito e ainda pode causar problemas graves no veículo. Ao passar por lombadas e outras irregularidades na pista com o carro na diagonal, o motorista está provocando uma torção da carroceria do veículo, o que pode ocasionar em danos em pontos de solda e também em peças do acabamento interno.

  1. Rodar com o combustível na reserva

Andar com o combustível na reserva é um hábito comum de se encontrar entre os motoristas, mas é outra prática que pode causar danos sérios ao automóvel. O principal problema aqui é queimar a bomba de combustível por superaquecimento, o que ocorre porque o combustível funciona como um refrigerante para a bomba, que fica instalada no interior do tanque. Ao se rodar com o carro na reserva, a capacidade de refrigeração da bomba também é menor, o que pode levar à queima e consequente perda deste equipamento.

  1. Falta de atenção com o óleo lubrificante

Muitas pessoas levam em consideração apenas a quilometragem rodada para realizar a troca de óleo e acabam se esquecendo de outro ponto importante: o prazo de validade do óleo lubrificante. Se o motorista adquire um óleo próximo da data de validade e utiliza pouco o veículo, são grandes as chances de que ele rode com um produto prejudicial ao automóvel por um longo período de tempo, o que pode causar danos graves ao motor. Para evitar este problema, faça a troca de óleo regularmente, como indicado no manual do proprietário, e sempre fique de olho no vencimento dos produtos que utilizar.

  1. Não realizar manutenções preventivas no automóvel

Mesmo com toda a tecnologia empregada na produção dos carros atuais, a manutenção preventiva ainda se mostra como a melhor maneira de descobrir alterações no veículo e corrigi-las antes que virem problemas sérios. Atualmente, o intervalo entre manutenções do carro é mais espaçado em comparação com os automóveis mais antigos, mas ainda assim elas são de extrema importância para prevenir danos no veículo. Portanto, nunca deixe de levar seu carro à oficina mecânica para checagens de rotina.

Achou este conteúdo útil? Então assine nossa newsletter para receber mais dicas valiosas para o cuidado com seu carro direto no seu e-mail!


1 thought on “5 erros cometidos pelos motoristas na manutenção do carro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *